Santa Cabeça

O Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Santa Cabeça tem suas origens por volta do ano de 1829 quando dois homens pescavam no rio Tietê e recolheram em suas redes a cabeça de uma imagem de Nossa Senhora.


História:

Não sabendo o que fazer com a parte da imagem encontrada os dois pescadores deram-na de presente a um negociante que vinha do Rio Grande do Sul com destino ao Rio de Janeiro, chamado José Corrêa. Este por sua vez, ao passar pelo bairro do Paiol pertencente à Paróquia de Silveiras, ofereceu a Joana de Oliveira, que a guardou com respeito e devoção.

Depois de certo tempo, Joana de Oliveira mudou-se para o bairro de Jataí, pertencente à Paróquia de Cachoeira Paulista e trouxe consigo a Imagem da santa, que colocou num lugar especial de sua casa.

Desde então, centenas de pessoas da vizinhança vinham até a casa de Joana de Oliveira, para rezar e agradecer os milagres que recebiam da venerada Imagem. A casa tornou-se logo pequena para receber a multidão que vinha de todas as paróquias vizinhas afim de venerar a Imagem de Nossa Senhora. O então o vigário de Jataí, Pe. João Graciano de Farias, aconselhou a Silvéria de Oliveira, filha de Joana de Oliveira, que ficara com a Imagem, a angariar fundos, para construir uma capela, onde fosse venerada a Imagem de Nossa Senhora.

Horários:

De segunda a sexta das 08h às 17h.
Sábados e Domingos das 07h às 18h.

PROGRAMAÇÃO PERMANENTE
Missa - Sábado às 16h
Missa - Domingo - às 09h30 e às 16h